Search
Close this search box.

Seguro viagem: entenda quando ele é obrigatório

Seguro viagem: entenda quando ele é obrigatório
Seguro viagem: entenda quando ele é obrigatório - Ahmed Muntasir (Pexels)

Navegue pelo conteúdo

Contratar um seguro viagem é uma alternativa eficaz que pode evitar uma enorme dor de cabeça durante um passeio. Afinal, não importa se a viagem é durante as férias, com a família ou a trabalho, nunca sabemos o que pode acontecer quando estamos longe de casa.

Contudo, não é apenas isso. Há diversas situações em que a contratação de um seguro viagem é obrigatória. Ou seja, sem ele você será impedido de entrar em alguns países. Por isso, antes de arrumar suas malas para viajar, confira tudo sobre o assunto e se assegure de ter uma viagem muito mais tranquila. Boa leitura!

Afinal, o que é um seguro viagem?

Um seguro viagem é uma forma de proteção financeira e assistência que você pode contratar antes de viajar para cobrir despesas médicas, problemas com bagagem, cancelamento de viagem, entre outros imprevistos que possam ocorrer durante sua estadia em território nacional ou estrangeiro.

1. Seguro viagem nacional

O seguro viagem nacional é destinado a viagens dentro do país de origem do viajante. Ele proporciona cobertura em caso de acidentes, doenças, assistência médica e odontológica, extravio de bagagem, cancelamento ou interrupção da viagem, entre outros eventos inesperados. Além disso, pode fornecer serviços de assistência, como indicação de hospitais, informações turísticas e auxílio em caso de emergência.

2. Seguro viagem internacional

Por sua vez, o seguro viagem internacional é essencial para quem viaja para fora do país. Para isso, ele oferece cobertura semelhante ao seguro viagem nacional, mas inclui ainda outras vantagens relacionadas a despesas médicas no exterior, que podem ser mais onerosas e diversas regiões exigem seguro de viagem obrigatório para a entrada no país. Além disso, em caso de emergências, o seguro viagem internacional pode oferecer assistência jurídica, repatriação médica e translado de corpo, entre outros serviços específicos para viajantes no exterior.

Países que exigem a contratação de um seguro antes de embarcar

Os países que fazem parte do Tratado de Schengen, que exigem a contratação de um seguro viagem com cobertura mínima, são:

1. Alemanha

2. Áustria

3. Bélgica

4. Dinamarca

5. Eslováquia

6. Eslovênia

7. Espanha

8. Estônia

9. Finlândia

10. França

11. Grécia

12. Hungria

13. Islândia

14. Itália

15. Letônia

16. Liechtenstein

17. Lituânia

18. Luxemburgo

19. Malta

20. Noruega

21. Países Baixos (Holanda)

22. Polônia

23. Portugal

24. República Tcheca

25. Suécia

26. Suíça

Além destes, outros países que fazem exigência da contratação do seguro são: Cuba, Austrália, Rússia, Emirados Árabes, Catar e Turquia. É importante ressaltar que a exigência de um seguro viagem pode variar de acordo com a finalidade da viagem, o tempo de permanência e a nacionalidade do viajante. Portanto, é sempre recomendado verificar as atualizações e regulamentações do país que se pretende visitar antes de viajar.

Porque contratar um seguro de viagem mesmo onde ele não é exigido?

Embora países como os Estados Unidos não exijam um seguro viagem para a entrada, ainda é altamente recomendado contratar um seguro viagem ao viajar para qualquer destino. Abaixo estão algumas razões importantes para considerar a contratação de um seguro viagem, mesmo em países que não o exigem:

1. Cobertura médica

Os custos de tratamento médico podem ser muito altos em alguns países, especialmente nos Estados Unidos, onde o sistema de saúde é particular e os serviços médicos são caros. Ou seja, em caso de emergências médicas ou acidentes durante a viagem, um seguro viagem pode cobrir despesas médicas e hospitalares, garantindo que você receba o tratamento necessário sem incorrer em despesas financeiras significativas.

2. Cancelamento ou interrupção da viagem

Um seguro viagem pode oferecer cobertura para reembolso ou reagendamento de passagens aéreas, hospedagem e outros serviços contratados, caso você precise cancelar ou interromper sua viagem devido a eventos imprevistos, como doenças, acidentes ou emergências familiares. Isso pode ajudar a minimizar as perdas financeiras.

3. Extravio de bagagem como cobertura no seguro viagem

Mesmo em países seguros, o extravio de bagagem ainda pode acontecer. Sendo assim, ao contratar um seguro viagem, você pode receber indenização ou assistência em caso de perda, roubo, dano ou atraso significativo na entrega de bagagem despachada.

4. Assistência jurídica

Em caso de problemas legais durante a viagem, um seguro viagem pode fornecer assistência jurídica e orientação. Em resumo, isso garante suporte adequado para lidar com questões legais desconhecidas em um país estrangeiro.

5. Tranquilidade e segurança

Por último, contratar um seguro de viagem oferece tranquilidade e segurança durante a sua viagem. O imprevisto pode acontecer a qualquer momento, e estar protegido por um seguro ajuda a lidar com situações adversas de forma mais tranquila, sabendo que você tem suporte financeiro e assistência profissional em caso de emergências.

Conclusão

Embora não seja uma exigência obrigatória em alguns países, um seguro viagem é um investimento valioso para proteger você e sua viagem contra imprevistos, garantindo que você possa desfrutar da sua viagem com tranquilidade e segurança.

É importante ressaltar que a cobertura de um seguro viagem pode variar de acordo com o plano escolhido. Alguns seguros oferecem coberturas básicas, enquanto outros incluem benefícios adicionais, como cobertura para esportes radicais, gestantes, idosos ou coberturas específicas para atividades de trabalho durante a viagem.

Compartilhe

Deixe seu comentário